Vantagens que a gestão integrada da saúde pode trazer à sua empresa

gestão integrada da saúde
5 minutos para ler

É cada vez maior a preocupação das organizações com a saúde dos seus colaboradores. E, não é por acaso, o custo com convênios médicos tem sido considerável. Nessa hora, faz toda a diferença implementar uma gestão integrada da saúde.

Os gastos com plano de saúde crescem todos os anos, em grande parte, de forma desenfreada. Há um desequilíbrio nas contas da empresa. Sem contar que o afastamento dos trabalhadores devido a doenças, internações, cirurgias e atestados médicos, geram impactos negativos na produtividade organizacional.

A gestão integrada de saúde deve ser tratada como um tema estratégico, por isso, deve ser priorizado. Ainda não está convencido? Separamos as principais vantagens que essa abordagem pode trazer ao seu negócio. Confira!

Engajamento dos colaboradores

Um dos principais reflexos de uma gestão integrada da saúde é na percepção que os colaboradores têm da organização. Isso porque, ao investir na qualidade de vida e no bem-estar deles, ela demonstra sua preocupação e o cuidado com os seus trabalhadores.

Com isso, os funcionários podem ficar mais engajados e motivados a pertencerem à organização. O resultado são trabalhadores com uma melhor entrega, mas que, acima de tudo, elevam o bom nome da companhia e acreditam naquilo que fazem.

Redução de custos

Logo na introdução já adiantamos que a gestão integrada da saúde organizacional ajuda a reduzir custos. Mas, como isso acontece na prática? Otimização de processos. De modo geral, as informações dentro das empresas são bastante fragmentadas. Os dados se saúde estão no RH, como atestados e laudos médicos; no ambulatório da empresa (consultas e prontuários); na medicina ocupacional (exames admissionais e demissionais), entre outros. Ao integrar essas informações, há uma visão única da saúde do funcionário, possibilitando implementar ações mais assertivas, que podem ser preventivas e conter custos já existentes.

Quando se tem um comitê de saúde, é possível analisar as informações consolidadas e definir quais as ações de saúde vão ser implementadas. Além disso, pode-se entender quais os indicadores podem ser inseridos para o acompanhamento do avanço dessas ações e como esse investimento vai ser gerido pelo comitê, evitando o aumento dos custos com saúde.

Aumento da produtividade

Outra vantagem da gestão integrada da saúde é o aumento da produtividade dos colaboradores e da organização como um todo. Pois, se eles estão mais engajados e motivados, obviamente, eles também se tornam mais produtivos. Isso pode ser percebido no dia a dia e também em avaliações de desempenho.

No entanto, não é só isso. Uma gestão de saúde bem executada contribui para que eles possam ter mais bem-estar e qualidade de vida. Assim, evitam-se os afastamentos por doenças, além das internações e outros tipos de problemas emocionais e relacionados ao estresse.

Diferencial competitivo

Ora, a redução dos custos e com uma maior produtividade no time, gera, naturalmente, é um diferencial competitivo para a sua organização. Afinal, o rendimento dos seus colaboradores impacta de maneira direta os resultados da companhia.

Inclusive, é muito comum que marcas que investem na saúde dos trabalhadores serem lembradas como ótimos lugares para trabalhar. Ou seja, esse tipo de investimento reflete na reputação da sua organização e na percepção que os clientes, os competidores e os profissionais de modo geral tenham sobre ela.

Maior qualidade das informações

É fato que com uma gestão integrada da saúde é possível ter maior controle nas informações. Consequentemente, elas também são mais confiáveis, uma vez que os registros seguem padrões e processos claros.

Dessa forma, pode-se reduzir erros, garantindo a qualidade nas informações e a efetividade das ações. Com uma plataforma segura, o trabalho da equipe fica mais intuitivo, garantindo uma melhor performance. A integração permite, ainda, a redução da burocratização e o tempo de espera para resolver problemas.

Para tanto, é fundamental contar com um parceiro especializado, que ajude a internalizar esse processo. Pois, se as ações não forem conduzidas de forma adequada, a organização pode não ter garantia do Retorno sobre o Investimento (ROI) na implementação das soluções em saúde.

Ao aplicar alta tecnologia, juntamente a análise correta de dados, é possível atuar para minimizar os custos com saúde, desde a entrada do colaborador na organização. Pode-se trabalhar preventivamente e de maneira mais direcionada para, de fato, controlar o sinistro do plano de saúde.

O fato é que a gestão integrada da saúde pode trazer muitos ganhos financeiros, além da redução e do controle do sinistro do plano de saúde e a melhoria da produtividade. Inclusive, muitas empresas têm a chance de integrar as suas áreas e otimizar as suas estruturas. Portanto, vale a pena saber mais como esse modelo de gerenciamento funciona e adotá-lo. Certamente, ela trará vantagens para sua organização e seus colaboradores.

Gostou de conhecer as vantagens da gestão integrada da saúde? Quer entender melhor como implementá-la na sua empresa? Entre em contato com a AxisMed e tire todas as suas dúvidas!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-