Cenário da saúde no Brasil e os impactos da transformação digital!

cenário da saúde no brasil
6 minutos para ler

Que a tecnologia expande cada vez mais as fronteiras da medicina, não temos dúvida. Nas últimas décadas, enxergamos um crescimento exponencial fornecido pelas ferramentas digitais: exames como a ressonância magnética e métodos diagnósticos cada vez mais sofisticados são exemplos disso. Mas, afinal, como esse crescimento se reflete no cenário da saúde no Brasil?

Às vezes, podemos pensar que as inovações não chegam ao nosso país como aos mais desenvolvidos. Estamos enganados. Tanto para a saúde pública quanto para a privada, a tecnologia se provou uma ferramenta essencial. E isso é visto tanto na assistência — com exames e tratamentos — quanto na gestão em saúde.

Falaremos, neste artigo, sobre os pontos principais sobre o cenário da saúde no Brasil. Com isso, você terá um norte de conhecimento, sabendo em que ponto estamos e quais as tendências rumo à modernidade. Vamos lá?

Os desafios da assistência médica

Enfrentamos, nas últimas décadas, algumas barreiras para a consolidação de uma assistência robusta à saúde. Como o Brasil é um país muito heterogêneo, são vários os focos de atuação em que os recursos devem se concentrar.

Um exemplo é quando surge alguma epidemia — como a recente, de dengue, que acometeu principalmente Minas Gerais: embora os recursos tenham que ser concentrados no combate à doença, eles não podem ser retirados de outras áreas. Como proceder?

Uma tentativa foi aumentar o número de faculdades de medicina. Não funcionou. Embora tenhamos aumentado o número de profissionais, ainda não encontramos uma maneira de driblar a desigualdade geográfica na sua distribuição. Isso nos alerta para a necessidade de métodos de enxergar os parâmetros em saúde por uma ótica mais ampla.

E já estamos caminhando nesse sentido. Um exemplo público e de livre acesso é o DATASUS, que reúne dados nacionais sobre o cenário da saúde no Brasil. Por meio de informações em larga escala, começamos a investir no chamado Big Data, já muito utilizado na medicina.

Ele consiste em uma análise focada de um grande volume de dados, para encontrar soluções para os nossos problemas. E estamos caminhando nesse sentido.

Outro exemplo de que o Brasil está seguindo um caminho favorável é no uso de equipamentos de ponta. Analisemos, ilustrativamente, o setor de diagnóstico por imagem.

Hoje, no mundo, um dos exames mais sofisticados que existem é o PET Scan. Por meio de um material que emite radiação, ele consegue detectar cânceres em estágios muito iniciais, o que oferece uma atuação mais eficiente em saúde.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, estamos progredindo na instalação de aparelhos de PET Scan no país. Estima-se que tenhamos quase 150 distribuídos no território nacional. Essa é a prova de que estamos conseguindo nos equiparar aos países desenvolvidos no que se refere a equipamentos de qualidade.

As tendências do cenário da saúde no Brasil

Embora tenhamos sinais de que o cenário da saúde no Brasil está favorável, ainda temos muito a crescer. Nesse contexto, podemos pontuar algumas das tendências que estão sendo mais debatidas e implementadas por aqui atualmente. Confira algumas delas a seguir.

Telemedicina

Se você está de olho nos noticiários, certamente ouviu falar nos recentes embates sobre a regulamentação da telemedicina. Esse é um ramo com muitas promessas e mitos, que evoca diferentes opiniões no meio público e no privado. Mas, afinal, a que o termo “telemedicina” se refere?

Embora seja regulamentado sob diferentes ângulos, o conceito é simples: trata da prática de atividades médicas a distância. Isso significa, por exemplo, que uma cidade com acesso à internet poderia, em minutos, ter uma consulta com um médico especialista. Aqueles que são a favor argumentam que isso facilita a implementação da medicina em locais mais remotos.

Nesse sentido, a telemedicina pode ser a solução para o problema que levantamos acima, sobre desigualdade geográfica de distribuição. Com uma central digital, médicos podem atender o Brasil todo de acordo com a demanda.

Gerenciamento da agenda médica

Há alguns anos, marcar uma consulta era uma tarefa mais melindrosa. Era necessário ir ao consultório, verificar o horário e anotar na sua agenda, a caneta, a confirmação da consulta. Hoje em dia, esse processo está a um toque de distância e pode ser resumido a poucos minutos.

Isso se deve à popularização e modernização dos sistemas de agendamento online. Por meio de um site ou aplicativo, a consulta de horários é automática e rápida. E o melhor: ela funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana. Isso traz maior praticidade ao paciente e também, é claro, ao médico assistente.

Os benefícios da transformação digital

Alguns dos temas que abordamos podem ser considerados um investimento muito alto. Afinal, um aparelho de PET Scan não custa milhões de reais? Quanto teríamos que despender para implantar a telemedicina em todo o território nacional? O Big Data não necessita de hardwares de última geração?

Inevitavelmente, investimentos em larga escala demandam um maior grau de recursos. Isso ocorre porque seus resultados também são em larga escala, além de serem mais duradouros e eficientes. Mas não precisamos ir muito longe para compreender os benefícios da transformação digital no cenário da saúde no Brasil. Ela já está presente nos nossos bolsos.

Tomemos como exemplo os aplicativos utilizados para agendamento de consultas e contato dos médicos com os pacientes. Eles trazem benefícios diários para a prática da medicina: automatizam processos dentro e fora das clínicas, trazem comodidade a médico e paciente e facilitam a resposta de dúvidas. Isso tudo melhora a qualidade da assistência, traz maior satisfação ao paciente e desafoga as filas em centros mais demandados.

Conseguimos visualizar um cenário da saúde no Brasil promissor para as próximas décadas. Já temos indícios de que começamos a nos aproximar do patamar de países já desenvolvidos: a disseminação de aplicativos em saúde e o envolvimento nacional em políticas públicas são exemplo dessa melhoria. Com o auxílio da tecnologia, conseguiremos levar a medicina a um novo patamar de atuação.

Se você quer se manter atualizado sobre esse e outros temas, siga-nos em nossas redes sociais! Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-